PUBLICIDADE

Topo

Você ainda acredita que para uma mulher não há sexo sem amor?

Universa

28/05/2020 04h00

Ilustração: Caio Borges/UOL

Já ouvi muita gente dizer que sexo tem que estar sempre ligado ao amor. Desconfio que isso não passa de mais uma tentativa de restringir a sexualidade feminina, afinal, nunca se fez essa exigência ao homem. Ao contrário, sempre se aceitou que ele fizesse sexo com qualquer mulher.

Para provar que era macho tinha que estar o tempo todo pronto para o ato sexual. Com a mulher a história era bem diferente. Até algumas décadas atrás, caso ela gostasse de sexo, não podia demonstrar de jeito nenhum. Isso a desqualificaria como esposa.

Veja também:

Mas, na verdade, com tanta repressão o sexo não era bom mesmo para ninguém, muito menos para as mulheres. O homem chegava à vida adulta com pouquíssima experiência, no máximo algumas transas com prostitutas. Quando casava com aquela moça virgem, que viria a ser a mãe dos seus filhos, o sexo se tornava, então, um problema bastante complicado para ele.

Era feito no escuro, embaixo das cobertas, com muita pressa. Se a maioria dos homens ainda ignora que para haver penetração a mulher deve estar lubrificada, imagine naquela época! O prazer da mulher não era nem cogitado. E elas aguentavam tudo com bravura, ou melhor, mansidão.

Com a mudança das mentalidades, iniciada na década de 1960, se começou a aceitar que a mulher tivesse prazer sexual, mas apenas com o homem que amasse. Se não fosse assim, seria considerado falta de decência. É por isso que, atualmente, ainda encontramos quem insista em afirmar que é da natureza feminina só desejar sexo se existir amor.

Mas desejo sexual e amor são distintos; podem existir juntos ou separados.

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

Blog Regina Navarro