Topo
Regina Navarro Lins

Regina Navarro Lins

Triângulos amorosos: como fica o ciúme?

Universa

15/08/2019 04h00

Como será o ciúme numa relação entre três pessoas? Marjorie Garber, professora de Harvard e escritora, apresenta uma teoria cognitiva do ciúme que descreve um relacionamento triangular entre "uma pessoa P", "sua pessoa amada, A" e "um rival, R". Vários estudos sugeriram que o evento mais devastador que pode acontecer com P é a relação sexual entre A e R. Por quê? Porque "sinaliza o pior: P certamente perdeu A para R." Mas será que P fica automaticamente com ciúme?

Depende de seus valores. Se P valoriza a monogamia, a exclusividade e a fidelidade, a presença de R é mais ameaçadora do que se P valoriza a liberdade individual ou o compartilhamento. Na verdade, se P valoriza a liberdade individual ou o compartilhamento, P pode avaliar a presença de R como positiva/benigna porque a presença de R dá a A a chance de ser sexualmente livre, a P uma chance de ser sexualmente livre (o que é bom para um é bom para o outro, e vice-versa), e a P chance de dividir A com R, conclui Garber.

Veja também:

Sem dúvida, é muito forte, na nossa cultura, o modelo de um para um. Barbara e Michael Foster junto com Letha Hadady descrevem em seu livro um episódio divertido que ocorre em "All That Jazz" (O show deve continuar), de Bob Fosse. A versão para a tela da autobiografia do diretor-coreógrafo foi filmada pouco antes do seu coração falhar. Fosse (Roy Scheider), enquanto está conversando com um belo Anjo da Morte (mulher), pede desculpas porque não consegue se ligar a uma mulher.

Ele recorda com carinho como em certa época viveu harmoniosamente com duas mulheres. Certa manhã, acordou e percebeu que uma delas havia partido e deixado um bilhete sobre a escrivaninha: "Não posso mais dividir você. Quero você só para mim, ou então, nada. Por favor, tente compreender". O Anjo pergunta se ele ficou triste por perdê-la. Fosse, um Casanova moderno, respondeu que não, que ficou lisonjeado por ela tê-lo levado tão a sério. E o Anjo replica: "Tem certeza de que o bilhete foi para você?"

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Regina Navarro