Topo
Regina Navarro Lins

Regina Navarro Lins

O disfarce monogâmico das mulheres está saindo de cena

Universa

20/04/2019 12h41

(Crédito: Getty Images)

Pesquisadores da Universidade da Austrália Ocidental publicaram na revista Royal Society Open Science a conclusão de um estudo em que "tanto homens quanto mulheres foram precisos ao avaliar a probabilidade dos homens, mas não das mulheres, traírem e roubarem o parceiro de outro".

Não é difícil entender porque as mulheres disfarçam ter relações sexuais fora do casamento e os homens não. Desde a infância foi ensinado a elas que deveriam se relacionar sexualmente apenas com um homem. Isso fez com que se sentissem culpadas ao perceber seu desejo sexual por alguém que não fosse o marido. Certamente seriam acusadas e discriminadas.

Os homens, ao contrário, durante cinco mil anos acreditaram ser somente deles o direito de ter sexo com várias mulheres. Eram até valorizados entre os amigos, se relatassem suas aventuras nessa área.

Mas o cenário não é mais o mesmo. E numa próxima pesquisa o resultado pode vir a ser bem diferente. Hoje o sentimento de culpa da mulher quase desapareceu completamente. As pesquisas confirmam isso, como a do jornal americano New York Post concluindo que nove entre dez mulheres não nutrem qualquer tipo de sentimento de culpa.

Dan Savage, jornalista e consultor sexual, assina uma coluna chamada "Savage Love", que é reproduzida em mais de 50 jornais americanos. Ele acredita que a monogamia pode funcionar para muitos casais. Mas acha que o discurso em torno dela é desonesto. "Algumas pessoas precisam de mais de um parceiro", diz Savage, "assim como outras precisam flertar ou ter amantes de ambos os sexos".

Savage defende que a monogamia é muito mais difícil do que costumamos admitir e defende a necessidade de uma nova ética sexual que honre a realidade do casamento e não o ideal romântico.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.