menu
Topo
Regina Navarro Lins

Regina Navarro Lins

Ao contrário do que prega a tradição, cuidar de filho não é coisa de mulher

Regina Navarro Lins

13/12/2018 04h00

Ilustração: Caio Borges

No Ocidente, o número de pais solteiros está crescendo. Ao contrário de outras épocas, que, em caso de separação, nem se discutia com quem o filho iria viver — só em casos excepcionais a criança ficava com o pai —, hoje muitos pais solicitam a guarda dos filhos.

Vários estudos revelam que os homens se arranjam bem quando têm que ser pai e mãe ao mesmo tempo. A inglesa Margareth O'Brien, que conduziu uma pesquisa muito detalhada com 59 pais londrinos com a guarda de crianças de cinco a onze anos, cita esta confidência de um deles: "Devo referir-me a mim mesmo como a uma mãe, porque não há palavra para designar os homens que fazem o que eu faço".

Como a pesquisa do sociólogo americano Scott Coltrane documenta, os homens mais jovens, principalmente, estão começando a descartar as definições estereotipadas de paternidade como um papel distante, provedor de disciplina, ao invés de maior envolvimento com o cuidado da criança, geralmente classificado de maternagem.

Ao contrário do que prega a tradição cultural, a maternagem — cuidados cotidianos proporcionados à criança, acompanhados da consciência da responsabilidade direta por ela — não tem sexo, mas também não tem nada a ver com os poucos minutos por dia que o pai tradicional dedica a seus filhos.

Alguns homens romperam na frente com os padrões estabelecidos. Pouco antes de ser assassinado, John Lennon declarou publicamente: "Gosto que se saiba que, sim, cuido do bebê e faço pão, que eu era dono de casa e me orgulho disso."

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.