menu
Topo
Regina Navarro Lins

Regina Navarro Lins

Cada vez mais filhos nascem fora do casamento tradicional

Universa

13/09/2018 10h23

(Foto: Getty Images)

Uma pesquisa divulgada na França pelo Insee (da sigla em francês para Instituto Nacional de Estatística e Estudos Econômicos) mostrou que quase 60% (59,5%) das 770 mil crianças nascidas em 2017, vieram ao mundo fora da estrutura tradicional, de uma família com pai e mãe casados.

É um recorde europeu. Só para se ter uma ideia, em 1965 apenas 6,5% dos nascimentos não estavam inseridos num contexto de matrimônio.

Por volta da década de 1950, a sexualidade ainda continua vinculada à procriação. A reputação das mulheres se apoia em sua capacidade de resistir aos avanços sexuais dos rapazes. Uma radical modificação dos costumes inicia-se na década de 1960. Com todas as transformações, a família é abalada.

No Brasil, poucos se lembram da época em que muitos colégios recusavam filhos de pais separados. E isso acontecia até poucas décadas atrás. Dados do IBGE indicam que seguimos a mesma tendência da França, com cerca de 60% dos filhos nascidos hoje sendo de fora de estruturas de casamento tradicionais.

Aquele lar formado por um casal e filhos não é mais a norma. Há um número crescente de famílias com apenas um genitor. Muitas vezes são mães solteiras que decidiram ter e criar seus filhos sozinhas. A diferença básica é que anteriormente o indivíduo era incorporado à família; sua vida pessoal confundia-se com sua vida familiar ou então subordinava-se a ela.

Agora, a auto realização das potencialidades individuais passa a ter outra importância, colocando a vida conjugal em novos termos. Acredita-se cada vez menos que a união de duas pessoas deva exigir sacrifícios. Observa-se uma tendência a não se desejar mais pagar qualquer preço apenas para ter alguém ao lado. É necessário que o outro enriqueça a relação, acrescente algo novo, possibilite o crescimento individual.

É importante ressaltar que quem vive só têm respeito social e são até objeto de inveja de muitas pessoas casadas que, por temer novas formas de viver, suporta casamentos que lhes restringem a liberdade e lhes impõem sacrifícios.

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.