menu
Topo
Regina Navarro Lins

Regina Navarro Lins

"Minha namorada, que amo, não quer transar comigo antes do casamento"

Regina Navarro Lins

13/08/2018 04h00

Ilustração: Caio Borges

"Estou pela primeira vez na vida, aos 32 anos, apaixonado. Mas o que poderia ser o momento mais feliz está se mostrando também o mais sofrido. Isso porque a minha namorada, que me provoca tanta paixão, não quer ter relações sexuais comigo antes do casamento. Argumenta que isso vai gerar desinteresse da minha parte depois. Fico surpreso que nos dias de hoje alguém pense assim, mas é o que acontece. Estou dividido entre acabar a relação ou continuar tentando que ela mude de ideia."   

***

Seria interessante alguém dizer a essa moça que, quando casar, nunca tenha relações sexuais com o marido. Ela pode escolher cada dia uma dessas desculpas tão comuns, utilizadas pelas mulheres casadas que querem escapar do sexo: dor de cabeça, cansaço, preocupação com a família. Quem sabe, assim, o encantamento não se desfaz?

Para as pessoas que admiram os contos de fadas e anseiam viver emoções parecidas com as de Branca de Neve, quando é despertada pelo príncipe, ou com as de Cinderela, quando calça o sapatinho, o amor não pode ter nada de real mesmo. Entretanto, depois de algum tempo de relação não é fácil se manter envolto na névoa que cobre o amor romântico. Para isso seria necessário se evitar qualquer intimidade, calando-se sobre os pensamentos e sentimentos mais íntimos, bem como mantendo um certo afastamento físico.

Isso não é novidade nenhuma. O argumento usado pelas mães, até algumas décadas atrás, para controlar o namoro das filhas, era de que qualquer intimidade física antes do casamento faria o rapaz perder o interesse pela moça. Parece que não havia preocupação quanto ao depois. Aí já estariam casados e tudo teria que ser suportado.

É lamentável que na contramão da História ainda existam mulheres que não conseguem perceber o sexo como algo natural e desejável. Ao invés de buscar relações onde haja uma troca afetivo-sexual em nível de igualdade com o parceiro, preferem, ao encontrar um par, se tornar a Bela Adormecida ao avesso. A moça, ao ser beijada pelo homem (príncipe), ao contrário de ser despertada, adormece profundamente. A partir daí não percebe mais quem é, quem ele é, e ignora totalmente a realidade. E o pior de tudo, se esforça para ficar adormecida.

 

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.