PUBLICIDADE

Topo

Regina Navarro Lins

O amor necessita de aprendizado

Regina Navarro Lins

02/11/2017 04h00

Ilustração: Caio Borges

Quando eu pesquisava para o meu novo livro, Novas Formas de Amar, descobri o psicoterapeuta Paulo Lemos. Ele aponta em seu livro Educação Afetiva aspectos importantes do aprendizado para uma boa relação amorosa. Logo na introdução o autor diz: "Se é verdade que o amor como sentimento básico não precisa ser aprendido, a conduta amorosa, esta sim, deve e precisa ser aprendida." Difícil não concordar com ele….

A seguir transcrevo alguns trechos, numa tentativa de que essa reflexão nos faça viver o amor de forma mais satisfatória.

  • Muitas pessoas escolhem com quem conviver e dizem que foi por amor. Mas a escolha por amor não garante boa convivência. Mais cedo ou mais tarde aparecem problemas: sofrem de dificuldades sexuais, vivem em atrito constante e se sentem infelizes e com a sensação de que há algo errado com elas ou com o outro.
  • Precisamos ter consciência de que o outro jamais compreenderá inteiramente o que se passa conosco e que nem valorizará as coisas da mesma maneira. Não há artifício que faça com que duas pessoas vejam e sintam de maneira idêntica um mesmo acontecimento.
  • Algumas pessoas realmente se sentem amarradas e presas quando estão numa relação. Como se não pudesse mais viver ou gozar a liberdade. Elas absorveram a ideia de que conviver significa abster-se de ter vida própria.
  • Possuir um espaço próprio dentro de uma relação torna-se, então, uma questão de higiene – manutenção da saúde da relação. Como a maioria de nós foi educada para estar " grudado " no outro, quando intuitivamente um dos pares começa reivindicar um espaço maior para si parece que algo estranho está acontecendo. Surgem as fantasias de abandono. Surge o ciúme.
  • Quando escolhemos alguém para conviver, escolhemos os sofrimentos que pudermos suportar advindos do jeito dele de reagir ao mundo. Se tentarmos a todo momento modificá-lo para não sofrermos, estaremos em constante atrito e chegará ao momento em que o outro não poderá corresponder aos nossos anseios. Nunca ninguém reagirá ao mundo da mesma maneira que nós.

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 12 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda”, “O Livro do Amor” e "Novas Formas de Amar". Atende em consultório particular há 45 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

Blog Regina Navarro