Regina Navarro Lins

A excitação especial da esposa com outro

Regina Navarro Lins

18/02/2017 07h00

Ilustração: Lumi Mae

Comentando o “Se eu fosse você”

A questão da semana é o caso do internauta casado há 13 anos. Ele e a mulher decidiram fazer sexo a três e convidaram um amigo. Ele diz que foi ótimo, e querem fazer novamente. Mas está magoado. Sua esposa fez sexo anal com o amigo e nunca quer fazer com ele. Ele não sabe como lidar com essa situação.

O sexo a três geralmente compreende um casal hétero, que se envolve com outro homem ou mulher. Em alguns casos as três pessoas estabelecem um vínculo e desenvolvem uma relação estável. Entretanto, na maioria das vezes, a terceira parte é tratada como alguém que vai dar um colorido à relação, mais do que ser uma parte integral da mesma.

Alguns defendem a total falta de compromisso entre as partes e somente o desejo sexual conduzindo as ações. Outros, ao contrário, só veem validade nessa experiência se houver envolvimento.

Alguns argumentam que o sexo a três é o relacionamento perfeito. Não são poucos os que gostariam, mas acham que os parceiros jamais admitiriam. E há também os que só o praticam fora de casa, lamentando ter que recorrer a uma relação extraconjugal.

Hoje, observamos que muitos comportamentos impensáveis há algum tempo começam a ser tornar frequentes. De uns cinco anos para cá, tenho atendido no consultório casais trazendo novos conflitos, que ocorrem porque uma das partes propõe uma nova prática sexual e a outra parte se sente desrespeitada, agredida, não amada.

Esse não é o caso do internauta que relata a sua experiência, mas é importante saber que novas práticas sexuais podem trazer surpresas. Quando um casal decide por um sexo pouco convencional, porque os dois desejam intensificar o prazer, não cabem manifestações de possessividade ou de ciúme. O que não deixa de ser um desafio.

Geralmente são os homens, na relação com a mulher, que mais desejam e solicitam o sexo anal; o aperto do ânus proporciona um prazer bastante intenso.

Muitas mulheres, ao contrário, evitam ou até se recusam, alegando dor ou desconforto. Os músculos do ânus são muito mais apertados do que os da vagina, e se a introdução do pênis for feita de forma brusca pode até machucar.

Contudo, um nível muito alto de excitação pode fazer com que a mulher deseje a penetração anal. É possível que isso tenha ocorrido com a esposa do internauta. A participação no ménage, com a quebra de rotina sexual que implica, pode a ter conduzido ao desejo.

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 11 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda” e “O Livro do Amor”. Atende em consultório particular há 42 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Topo