Regina Navarro Lins

Lento e atento, o caminho do prazer...

Regina Navarro Lins

21/02/2017 07h00

Ilustração: Lumi Mae

Comentando a Pergunta da Semana

A grande maioria das pessoas que respondeu à enquete da semana considera fundamental haver preliminares no sexo. Parece não haver nenhuma dúvida quanto a isso, principalmente entre as mulheres.

A seguir o relato de uma mulher de 42 anos, num debate sobre a importância das preliminares.

“Quando passei férias na Índia, tive uma transa com um indiano que fazia yôga tântrica. Foi incrível. Nunca consegui esquecer esse homem. Ele lavava meus pés… passava óleo no meu corpo todo, massageando… Tudo era lento, com muita calma.

Quando ele chegava na cabeça eu já estava completamente louca. Aprendi que tinha que fazer o mesmo com ele. Ele se detinha em lugares do meu corpo aos quais ninguém dá importância. Embaixo do braço, atrás do pescoço… atrás do tornozelo, então, é incrível.

Num bom sexo a sensibilidade tem que estar à flor da pele. A pessoa te acompanha… te sente. Isso é tão poderoso nela mesma, que consegue passar pro outro de uma forma fantástica. Quando acontece, surge uma energia que vem dos deuses. Dessa forma, você alcança a transcendência.”

O mestre de yôga De Rose diz que, no sexo tântrico, o contato de uma hora é ejaculação precoce. Todo homem tem ejaculação precoce. A parceira poderia continuar muito mais tempo sem cansaço.

Ele não, já está inutilizado. O contato do homem tântrico é diferente. O hiperorgasmo é um estado de paranormalidade erótica, gerado quando se adia o orgasmo comum. Não visa o fim, mas a permanência, ficar ali mesmo, usufruindo daquela experiência. Não tem limite de tempo.

Depende da disponibilidade de cada um. Se é dia de semana e eles precisam trabalhar no dia seguinte, o tempo é menor. Se for um fim de semana, eles podem ficar na cama o sábado e o domingo inteiro.

O Yôga sensibiliza o indivíduo como um todo. Dá consciência corporal e visceral. A pessoa começa a desenvolver essa prática, Maithuna, que consiste no processo de protelar o orgasmo e guardar energia.

O psicoterapeuta José Ângelo Gaiarsa chama a atenção para a importância do toque:

“O orgasmo é tanto melhor quanto mais amplo for o contexto pessoal e tátil. A carícia é uma coisa esquecida pelas pessoas. O que existe de carícia no mundo é muito pouco e, no entanto, nosso corpo é o maior playground do universo. Nossa pele tem mais de 600 mil pontos sensíveis, nós somos uma criação contínua do movimento, somos movidos por trezentos mil neurônios motores medulares. Somos criação contínua neurologicamente e se você combinar nossa capacidade de movimento com a nossa sensibilidade de pele, você pode ficar a eternidade acariciando alguém sem repetir nunca a mesma sensação.”

Bom… mas nem todos são estudiosos do tema. O que você pensa a respeito das preliminares no sexo?

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 11 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda” e “O Livro do Amor”. Atende em consultório particular há 42 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Topo