Regina Navarro Lins

"Sou casado há 18 anos e vivo um grande dilema. Tornei-me um crossdresser; amo ser mulher!"

Regina Navarro Lins

23/03/2017 07h00

“Tenho 52 anos, casado há18 anos, filhas, etc… Apesar de uma família linda e posição na sociedade vivo um imenso dilema. Desde pequeno, sinto uma forte atração pelo universo feminino. Me sinto uma mulher por dentro e escondo isto se toda a minha família e dos amigos. Lendo artigos na web me deparei com o mundo Crossdresser. E me encantei. Me encontrei. Fiquei fascinada e comecei a viver escondido. Me transformei, dentro de mim, na Kamylla. Em viagem de trabalho a São Paulo fui a um estúdio e me montei. Chorei de emoção em me ver montada, uma verdadeira mulher. Por inúmeras vezes pensei em abrir meu coração para minha esposa e filhas. Amo todas elas e fico louca de imaginar uma reação que leve ao fim o meu relacionamento. Mas amo ser mulher. Tenho uma amiga em minha cidade que guarda minhas roupas e lingeries. Será que minha família saberá me entender? Vale a pena correr o risco de perder a família? Ou devo viver presa dentro deste armário para o resto da vida?”

Quando alguém se coloca em nosso lugar diante de um problema, contribui de alguma forma para decidirmos que atitude tomar. Diga o que faria se estivesse no lugar do outro: Se eu fosse você… No sábado, eu comento o tema.

Você também pode relatar um conflito amoroso e sexual que está vivendo. Escreva para blogdaregina@bol.com.br e conte sua história em até 12 linhas.

Sobre a autora

Regina Navarro Lins é psicanalista e escritora, autora de 11 livros sobre relacionamento amoroso e sexual, entre eles o best seller “A Cama na Varanda” e “O Livro do Amor”. Atende em consultório particular há 42 anos e realiza palestras por todo o Brasil. É consultora e participante do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo, e apresenta o quadro semanal Sexo em Pauta, no programa Em Pauta, da Globonews. Nasceu e vive no Rio de Janeiro.

Sobre o blog

A proposta deste espaço interativo é estimular a reflexão sobre formas de viver o amor e o sexo, dando uma contribuição para a mudança das mentalidades, pois acreditamos que, ao se livrarem dos preconceitos, as pessoas vivem com mais satisfação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Blog da Regina
Topo